impurezas

esta pele toca a sua

toca e sua a sensação

mais crua

você não entende

como esta pele

se distende contente

ri e fere

alguns cavam covis

em segredo

alguns sentam em tronos

donos do medo

alguns fogem da impureza

sem a qual inexiste

encontro e beleza

nesta pele

impera

o estilo sem par

disso ou daquilo

não recusa

contaminação

que à vida impõe

paixão

não cultua a blusa

incorrupta

de alvíssima nobreza

não esquece

o rastro escuro

no claro castiço

incerta tinta

e impressão

sem meta de uma vida