edições akana

Há pouco mais de dois anos, conheci uma artista multimídia que encerrava seu doutorado em Difusão do conhecimento. Ela desejava fazer um pós-doc sob minha supervisão. Cheia de ideias criativas, inventividade e ação, desejava estudar a poesia no filme “Aka Ana” de Antoine D’Agata. Passamos o ano de 2019 trocando ideias que aos poucos foram redirecionando seus objetivos diante do filme e o resultado, na verdade apenas um deles, está agora concretizado no belo BLOGUE DE ARTISTA. REcomendo também a resenha do filme de D’Agata, feita a partir deste vídeo.